Restos e rastros

 

"Bem perto do Piauí, da Bahia e Pernambuco,

Existe uma vila chamada Caboclo.

Tem um cruzeiro juntinho do céu, uma Igreja que tem alma,

e o vento a varrer com toda calma, às vezes com rapidez, sumindo em

meio a aridez.

Jardins de pedras e espinhos, ainda se vêem passarinhos,

lagoas secas rachadas, cheias de esqueletos de peixe,

esperando a chuva, se vem.

O toque do sino quebra o silêncio da tarde que arde.

O sol é quente, se sente.

O canto dos guinés no entardecer,

chama a noite coalhada de estrelas.

Restos e rastros de índios que queriam se proteger,

muralhas de pedras,

buracos esconderijos, e ainda de bem antes,

ossos gigantes virando pedras.

Restos de Rastros

Milenares, de animais

Pré-históricos,

nos mostrando através da junção animal e mineral dos fosseis,

nas diversas transformações do planeta".                                           

 

Mãe da Lua, Artista Plástica